sexta-feira, 18 de junho de 2010

A poupa da minha história

Uma das personagens da minha história "Marta Aprende a Voar" é uma poupa, uma ave lindíssima que vocês devem conhecer. Mas se não a conhecerem aqui fica o B.I dela com a respectiva fotografia. Como já tive oportunidade de vos dizer, quando vou à vossa escola contar-vos histórias, o que eu conto na história "Marta Aprende a Voar" passou-se realmente comigo quando tinha 8, 9 anos. Não inventei absolutamente nada, podem acreditar. Agora digam lá se não foi um prazer imenso ter uma ave destas na mão?

Poupa ou boubela, poupão, poupa-pão e poupinha, são os nomes comuns dados às três espécies de aves. A distribuição geográfica das poupas é vasta e vai desde a Europa às zonas tropicais da Ilha do Porto Santo, que fica na Madeira. A poupa pode ser observada em todo o território continental e no arquipélago da Madeira.O seu habitat preferencial é a savana africana e as zonas de vegetação rasteira na Europa e Ásia, sendo também relativamente comum em zonas agrícolas. A poupa alimenta-se de insectos, larvas, minhocas, pequenos anfíbios e por vezes pequenas cobras. Embora prefira alimentar-se no solo, é também capaz de caçar insectos em voo. É um pássaro tenuirrostro porque tem o bico longo e fino.
As três espécies que existem são:

-poupa centro-africana

-poupa euroasiática

-poupa africana.

Um grande xi-coração

Sem comentários:

Enviar um comentário